A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA



Durante muito tempo este tema educação financeira era considerado muito complexo para ser discutido entre as pessoas, era um assunto falado somente entre economistas e grandes investidores, ou seja, para quem já tinha um alto nível de conhecimento na área.
E no decorrer dos últimos anos essa teoria de complexidade acerca das finanças está sendo rompida. Graças à criação de inúmeros canais (youtube como exemplo) que abordam assuntos relacionados à educação financeira de forma simples e didática.
Em se tratando de Brasil o assunto educação financeira é literalmente mudar a cultura da grande maioria da população, o que não é fácil, uma vez que esse assunto não é inserido nas escolas desde cedo, ou seja, não é repassado para as crianças.
E essa falta de informação desde a infância gera adultos incapazes de lidar com o próprio dinheiro. Por isso que temos tantas pessoas endividas nos dias atuais.
E justamente por não saber lidar com suas finanças você em algum momento da sua vida já passou por uma situação de aperto financeiro, ou está à procura de conhecimento neste exato momento para evitar passar por algo parecido. Afinal o que é educação financeira e qual sua importância? Confere abaixo a resposta para essa pergunta e algumas dicas de como investir melhor seu dinheiro.

O QUE É EDUCAÇÃO FINANCEIRA?

Podemos dizer que é considerada uma ciência comportamental, ou seja, a relação que as pessoas têm com dinheiro.
É ter ações conscientes acerca do dinheiro para que você possa diminuir despesas, aumentar os lucros ou ganhos, aprender a investir e acumular dinheiro. Uma expressão muito usada pelos investidores é: fazer com que o dinheiro trabalhe para você e não o contrário.
Importante frisar que Educação financeira não significa investir. Pelo contrário, investir é um passo que pode ser usado dentro da educação financeira. Mas até chegar nesse tocante investimento você tem que aprender a desenvolver outras habilidades.
Vamos ver como anda sua educação financeira? Responda as seguintes perguntas:
• Eu controlo o meu dinheiro? Pago todas as contas e ainda sobra para investir?
• Consigo fechar o mês de forma aliviada ou sempre no negativo?
• Faço compras sem necessidade?
• Uso cartão de crédito todos os meses para comprar parcelado?
Se a resposta foi sim para uma dessas perguntas, isso significa que você possivelmente ainda não está agindo de forma educada financeiramente.
E isso infelizmente é muito comum aqui no Brasil, pois informações básicas não foram repassadas para você desde criança e isso talvez possa ter influenciado para se tornar um adulto que não sabe lidar com dinheiro.

EDUCAÇÃO FINANCEIRA E SUA IMPORTÂNCIA

Todos querem e buscam uma independência financeira, ocorre que sem utilizar os princípios que norteiam a educação financeira é quase impossível chegar a esse tão almejado sonho de ser independente financeiramente.
Portanto, é de extrema importância que seja mudada a cultura e forma de lidar com dinheiro, como já mencionado isso vêm ocorrendo nos últimos anos.
Mas é de extrema importância que essa nova forma de pensar e agir com dinheiro sejam repassados para as crianças, seja por meios de seus pais ou mesmo da escola. È importe que as crianças cresçam com o Mindset voltado para hábitos saudáveis com relação ao dinheiro.

4 ERROS COMUNS QUE DEMONSTRA QUE VOCÊ AINDA NÃO SABE LIDAR COM SEU DINHEIRO

Em algum momento de sua vida você já pode ter se deparado com alguma das situações descritas abaixo, e isso mostra que você ainda está trabalhando para o dinheiro. E isso pode fazer com que você demore mais a se tornar uma pessoa independente, vejamos:
• Parcelar no cartão – esse hábito de comprar parcelado no cartão faz com que você gaste com coisas desnecessárias ou que acabe pagando muitos juros para as operadoras de cartões;
• Gastar tudo que ganha – não deixar uma parte livre do orçamento para investir, ou fazer reserva de emergência;
• Não criar ativo e só criar passivo – não criar formas de ativo, ou seja, de ganhar dinheiro com rendimentos ou renda extra (por exemplo), apenas faz dívidas (pagamento de cartões e parcelas de carro como exemplo);
• Não anotar os gastos – controle financeiro – o fato de não anotar tudo o que gasta, sim tudo que gasta, te impede de ver onde está gastando com coisas desnecessárias e que sobrecarregam seu orçamento muitas vezes.
Viu são coisas simples que por não ser dada a devida atenção muitas vezes se torna uma bola de neve e te impede de alcançar o sucesso financeiro.
Ok, você já entendeu que não é tão complexo como parece, e que para organizar essa situação basta um pouco de organização e muita dedicação para mudar hábitos não saudáveis que foram gerados desde a infância, mas para mudar esses hábitos ruins só depende de você.
E como você quer mudar esses hábitos ruins e chegar a sua independência financeira, aqui vão algumas dicas de hábitos que devem ser colocadas em prática, segue abaixo:
• Tenha metas/sonhos – de médio e longo prazo, ter metas é importante neste processo. Se você não tem objetivos claros e bem traçados não verá fundamento em juntar, poupar seu dinheiro;
• Pedir desconto – aprenda a pedir descontos, pessoas ricas têm o hábito de pedir desconto e negociar valores em tudo que vai comprar;
• Evite desperdício – de modo geral, tudo que você compra e não usa gera desperdício é dinheiro que não foi investido e te deixou mais longe de alcançar suas metas;
• Pesquisar antes de comprar – pesquisar valores e sempre optar pelo local mais em conta;
• Ganhar mais dinheiro – seja como uma forma de renda extra, ou mudando de trabalho para ser melhor remunerado, conseguindo um promoção no trabalho, enfim, aumentar seus ganhos financeiros;
• Investir o dinheiro – aprenda a investir seu dinheiro, hoje em dia tem inúmeros canais no youtube que ensinam como investir e em quê investir;
Educação financeira é isso, entender como lidar melhor com o dinheiro. Portando, mantenha as contas em dias e comece a investir seu dinheiro de forma saudável, para que você conquiste sua independência financeira e muito sucesso.


Veja também

/// 2016 | escolas.inf.br | Política de Privacidade ///